19 de fevereiro de 2014

sorriem, e beijam-se

Ele olha para ela de uma forma indescritível, nos seus olhos há algo mais que ternura ou carinho, há um calor…ela olha-se ao espelho na janela do comboio e ajeita, meticulosamente, cada cabelo da sua franja…ele diz-lhe que está linda…ela esquece a franja, sorri e beija-o…a carruagem baloiça um bocadinho…ele segura-a…a rapariga tira o batom para o cieiro e coloca nos lábios…ele olha-a, e segura-a…e sorriem, e beijam-se!


Foi mais ou menos assim o que observei um destes dias, no comboio das 8h16 da linha de cascais…