6 de junho de 2007

Dança de Junho

Em silêncio nas coisas embaladas
Vão dançando ao sabor dos seus segredos.
Nos seus vestidos brancos e bordados
Raios de lua poisam como dedos,
E em redor baloiçam arvoredos
Escuros entre os céus atormentados.


Sophia de Mello Breyner Andresen

1 comentário:

Mateso disse...

Só os segredos podem dançar embalados no vogar dos murmúrios do homem...
Belo.