9 de novembro de 2006

Para ti querida amiga, neste dia especial

Felicidade

Pela flor pelo vento pelo fogo
Peça estrela da noite tão límpida e serena
Pelo nácar do tempo pelo cipreste agudo
Pelo amor sem ironia - por tudo
Que atentamente esperamos
Reconheci tua presença incerta
Tua presença fantástica e liberta.

Sophia de Mello Breyner Andresen

Feliz Aniversário, Célia!

Sem comentários: