16 de novembro de 2006

No mar passa

No mar passa de onda em onda repetido
O meu nome fantástico e secreto
Que só os anjos do vento reconhecem
Quando os encontro e perco de repente.

Sophia de Mello Breyner Andresen

Sem comentários: